Aprenda qual é a função do reparador de pontas e porque ele deve ser usado sempre

  • Nenhum comentário

Você já deve saber que as pontas dos cabelos são as que mais sofrem com as agressões do dia a dia, não é verdade? Se não forem cortadas regularmente, elas tornam-se duplas, ressecadas e elásticas. A boa notícia, no entanto, é que existe o reparador de pontas, um produto finalizador exclusivo para tratar essa região.

Sua fórmula contém, na maioria das vezes, silicone ou óleos especiais — como o de argan — que hidratam os fios, selam as cutículas, reduzem o volume e corrigem a porosidade causada pelo uso excessivo de secador e chapinha.

Pensando nisso, preparamos um post com as principais informações desse produto para que você possa utilizá-lo em suas clientes e fazer com que elas aproveitem todos os seus benefícios. Quer saber mais? Então, continue a leitura e confira!

Para que serve o reparador de pontas?

Como o próprio nome já diz, o reparador de pontas é um produto finalizador rico em ativos que penetram nos fios e disfarçam as lesões das fibras capilares, alinhando-as totalmente. No entanto, ele tem ação temporária e atua somente quando está no cabelo.

Isso quer dizer que, quando é removido durante a lavagem, as pontas quebradiças voltam a aparecer. Então, para complementar os tratamentos de suas clientes, é recomendado apostar em cronogramas capilares, alternando hidratações, nutrições e reconstruções.

Seja um Revendedor de CosméticosPowered by Rock Convert

Quais são os principais benefícios desse produto?

Por meio de algumas gotinhas, o reparador de pontas atua fechando as cutículas, diminuindo o volume, eliminando o frizz e conferindo muito mais brilho e movimento às madeixas. Além disso, protege a fibra capilar dos danos causados por agressões externas e do uso excessivo de objetos de calor, como o secador, a chapinha e o babyliss.

Quando e como o reparador de pontas deve ser utilizado?

Por ser um finalizador, o reparador de pontas deve ser utilizado após a modelagem final dos fios para que possa agir na fibra capilar até a próxima lavagem. Além disso, é importante saber que a quantidade certa do produto é essencial para um bom resultado.

Para tanto, aplique um pouquinho do reparador na palma de uma das mãos e espalhe uniformemente sobre a outra. Depois, divida o cabelo da cliente em mechas grandes e passe-o suavemente do meio para as pontas, fazendo uma espécie de massagem em cada fio, sem deixar excessos.

Se a ideia é disfarçar o frizz, aplique somente um pouco nos fiozinhos arrepiados. Isso evita exageros e não deixa as madeixas com aspecto oleoso e sujo.

Agora que você já conhece as principais informações sobre o reparador de pontas, é muito importante ressaltar que ele deve ser usado depois de todos os processos capilares e somente após a sua avaliação — afinal, só um profissional sabe o que o fio do cliente precisa, não é verdade? Além disso, procure sempre utilizar produtos de altíssima qualidade. Assim, seu atendimento será diferenciado e muito bem requisitado.

Gostou de saber mais sobre o reparador de pontas e quer usá-lo em seu salão de beleza o mais rápido possível? Então, entre em contato conosco e veja como!