Banho de óleo nos cabelos: Como fazer?

Seguir uma rotina de cuidados especiais faz toda a diferença contra o aspecto ressecado e o frizz. O banho de óleo nos cabelos, por exemplo, é um dos grandes segredos para garantir fios bonitos e saudáveis. O tratamento, também conhecido como umectação, devolve a composição natural de água das mechas e seus principais nutrientes.

Algumas vezes, a fibra capilar está tão seca e danificada que é preciso saber identificar as necessidades apresentadas por cada tipo de cabelo. Assim, a lavagem após o procedimento deve ser feita cuidadosamente para evitar excesso de oleosidade e preservar o brilho por mais tempo.

Quer saber mais sobre o assunto? Vamos mostrar como adotar o procedimento de forma eficiente em seu cronograma capilar. Acompanhe:

O que é o banho de óleo ou umectação?

Este tratamento, feito pelas indianas, consiste na aplicação de óleo vegetal natural por todo o cabelo. O banho de óleo repõe nutrientes importantes aos fios, além de combater o ressecamento e a aspereza, dar brilho e diminuir o frizz.

Ele também cuida do couro cabeludo e garante o crescimento saudável dos cabelos. Além de trazer uma série de benefícios para todos os tipos de fios, o tratamento ainda é extremamente eficiente para o retorno dos cachos durante a transição capilar.

A umectação sela as cutículas, conserva a hidratação, e elimina o efeito quebradiço de toda a textura. Os cabelos crespos e cacheados são os mais beneficiados com o banho de vegetais, visto que a oleosidade produzida naturalmente no couro cabeludo desse tipo de cabelo não consegue chegar até as pontas.

Como fazer o banho de óleo?

O processo é muito simples! É importante realiza-lo com os cabelos secos e sujos, antes da lavagem. Veja o passo a passo do processo:

  1. Aplique o óleo por todo o comprimento dos fios, desde a raiz até as pontas.
  2. Massageie o couro cabeludo e todo o cabelo por, no mínimo, 15 minutos. Faça movimentos circulares e suaves! Não é necessário usar força, afinal, esse ato pode danificar o cabelo.
  3. Após a massagem, deixe o produto agir nos cabelos por algumas horas. Se desejar, pode dormir com o produto nos cabelos e retirar ao acordar. Só tome cuidado de envolver o cabelo em uma touca, para que não manche sua roupa de cama.
  4. Lave os cabelos normalmente com um shampoo leve. Caso seja necessário, repita a lavagem até sentir a sensação de limpeza completa.
  5. Pronto! Seus cabelos estarão muito mais bonitos e saudáveis.                 ​

​Qual óleo devo escolher para fazer o banho capilar?

Existem vários tipos de óleos com nutrientes diferentes. As composições indicadas costumam ser ricas em anti-oxidantes e Vitamina E. A dica é comprar diferentes óleos que possuem formulações diversificadas e alterná-los.

Conheça os principais tipos de óleos para banho capilar:

  • óleo de coco: extremamente rico em nutrientes e minerais, esse óleo protege a fibra capilar contra diversas agressões, como a queda excessiva e envelhecimento precoce. Entre as principais vantagens estão a redução do volume dos fios, tratamento das pontas e hidratação prolongada;
  • óleo de argan: aumenta a elasticidade dos fios, protege contra os raios UV e a cor, e ainda possui Ômega 3, Ômega 6 e vitamina E. Além de todos esses benefícios, traz brilho e maciez sem pesar após a lavagem;
  • azeite de oliva: forma uma película em torno da fibra capilar, o que protege as mechas contra o excesso de ressecamento e frizz. Dessa forma, a hidratação penetra nos fios por completo com um efeito restaurador. Pode ser usado após a reconstrução capilar com queratina;
  • óleo de jojoba: rico em antioxidantes, proteínas e minerais. Possui ação restauradora, emoliente e brilhante. Outra função interessante é o combate a oleosidade do couro cabelo;
  • óleo de abacate: ideal para quem tem cabelo com aspecto poroso, visto que nutre, hidrata e restaura. Além de proteger as mechas do sol, ainda traz brilho, balanço e alinhamento das texturas mais ressecadas;
  • óleo de ricínio: forte estimulante de crescimento com propriedades antibacterianas, atua como grande aliado das mulheres cacheadas ou em transição capilar. Evita ainda coceiras e caspas do couro cabeludo.
  • óleo de moringa: com sete vezes mais vitamina C que a laranja, quatro vezes mais cálcio e dobro de proteína do leite, quatro vezes mais vitamina A que a cenoura, além de ter vitaminas B, C, E e betacaroteno. Um óleo tão rico assim, só podia resultar em cabelos super hidratados, brilhantes e macios.

Dicas para um resultado ainda mais eficiente com o banho de óleo

Para ter melhores resultados e evitar ressecamento nas pontas, utilize água fria ou morna durante a lavagem. Outra recomendação importante é deixar as madeixas secarem naturalmente sempre que possível.

Caso seja necessário utilizar secador, aplique um protetor térmico para garantir a maciez e o efeito brilhante. Os elementos naturais são indicados exatamente para tratar danos causados pelo calor e excesso de química nos fios. No entanto, sempre é necessário investir em cuidados adicionais para fugir do aspecto espigado ou das pontas secas.

Qual a frequência ideal para o tratamento?

Mesmo sendo indicado para todos os tipos de cabelo, é preciso ter cuidado para não aplicar os óleos em excesso. O intervalo considerado ideal é a cada duas semanas. No entanto, a frequência também depende do estado dos fios e da necessidade de recuperação. Em casos de madeixas extremamente ressecadas, o tratamento pode ser realizado apenas nas pontas com intervalos menores.

Assim, o processo de reconstrução ganha um forte aliado para devolver o balanço natural ao cumprimento. É importante não ensopar os cabelos durante a aplicação. A quantidade de óleo deve ser definida de acordo com o tamanho e o volume das mechas.

É essencial evitar qualquer tipo de produto que tenha elementos minerais na composição, visto que esses elementos podem maquiar a aparência das madeixas. Ou seja, esse tipo de cosmético trata visualmente as mechas, enquanto danifica internamente a fibra capilar.

Pronto! Agora você já conhece todos os benefícios do banho de óleo nos cabelos. Siga nossas dicas e inclua o procedimento em seus cuidados regulares. Com o uso contínuo dos vegetais, as madeixas se tornam mais alinhadas, macias e brilhantes. Além de tudo, o tratamento profundo atua em toda a extensão capilar e protege contra danos e agressões externas.

Gostou das informações deste artigo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais e os ajude a tratar os cabelos com o banho de óleo capilar!