Cabelo crespo: 3 dicas para ajudar a sua cliente com a transição capilar

Felizmente, cada vez mais mulheres vêm assumindo os fios crespos e cacheados e aumentando, consequentemente, a autoestima. Com isso, surge também a necessidade de conhecer as melhores práticas para lidar com esse tipo de cabelo.

A transição capilar, por exemplo, vem se mostrando uma opção interessante e cheia de benefícios! Parar com as químicas e alisamentos pode também fazer bem para a saúde das madeixas. Além de ajudar a fortalecê-los, aumenta a facilidade dos cabelos de absorver as propriedades e proteínas presentes em máscaras e óleos de hidratação.

Não sabe o que é isso? Continue acompanhando o post e descubra não só a linda história de empoderamento envolvida nesse processo, mas também como apoiar a sua cliente com transição capilar!

O que é a transição capilar?

Digamos que a transição capilar é um processo pelo qual muitas mulheres passam sem sequer saber que é chamado assim. Basicamente, é deixar de lado a progressiva, as definitivas, os permanentes e todas as outras químicas para permitir que o cabelo cresça saudável e natural.

Como o próprio nome sugere: é uma transição dos fios com química para os fios naturais. Entretanto, isso tudo vai muito além de uma questão estética. Para muitas mulheres, assumir os fios naturais é uma forma de aceitação, de empoderamento.

O motivo de tanto sentimento envolvido no processo? A imposição de padrões. Não é novidade para ninguém o quanto a mídia ajudou na construção de um estereótipo ideal, o qual reforçava a busca pelos fios escorridos. Acontece que as mulheres vêm percebendo que o mais importante não é se encaixar na sociedade, mas sim se sentir bem.

E você, sabe qual o seu papel diante disso? É essencial conhecer não só as técnicas para atender quem passa por uma transição, mas apoiar e empoderar a sua cliente. Aliás, esse pode ser o grande diferencial do seu serviço!

Como ajudar a minha cliente com transição capilar?

Saber os diferentes tipos de penteado, aprender a diferenciar os tipos de fios, como deixá-los mais saudáveis, de que maneira lidar com o encontro de diferentes texturas, enfim, essas são algumas das formas de incentivar e apoiar a sua cliente. Conheça outras:

1. Sugira um Big Chop

Essa é aquela alternativa ideal para a cliente que não quer esperar o crescimento para ter apenas os fios naturais e saudáveis. A proposta do Big Chop é remover toda a parte com química dos fios, ao contrário do processo “tradicional”, que envolve cortar as partes aos poucos.

O resultado é um visual com fios curtos e cheio de estilo. Uma boa forma de inspirar a sua cliente é mostrar fotos de quem tem o mesmo corte.

Essa é a opção mais prática para se livrar da química, mas ainda é grande o número de mulheres que não gostam ou tem medo de cortar o cabelo. Por isso sugira o processo tradicional também, se isso for auxiliá-la a se sentir bem e confiante consigo mesma.

2. Explique a duração

Se existe uma informação fundamental para quem vai passar ou está passando pelo processo de transição capilar é sobre a duração. A questão é que não é possível mensurar quanto tempo vai levar para o cabelo ter apenas os fios naturais.

Esse é um fator que depende de muitos aspectos. O ritmo de crescimento e a química utilizada, por exemplo, influenciam muito no processo de recuperação do cabelo.

Explique para ela que algumas ações durante a transição podem acelerar o processo, como fazer uso de máscaras para fortalecer os fios, fazer massagem no couro cabeludo para estimular os folículos e aplicar produtos que ajudem a crescer os cabelos como alguns tipos de óleos e cremes.

3. Indique produtos

O mais comum quando uma cliente faz algum tipo de alisamento químico são os profissionais indicarem cosméticos para ajudar o produto a durar mais tempo. Com a transição também pode ser assim! Para isso faça uma lista de itens que auxiliam a acelerar e facilitar esse processo.

De uns anos para cá a indústria de cosméticos vem investido cada vez mais em produtos para cabelos crespos e cacheados, por isso procure se informar sobre os melhores e mais indicados para a transição. Dessa maneira, quando sua cliente resolver voltar com o cabelo natural, não precisará se arriscar.

4. Incentive a parar com a química

O que muita gente não sabe é que quando muitas mulheres resolvem parar de fazer alisamentos, têm dificuldades em largar a química de vez. Pode parecer estranho, afinal se houve a decisão de voltar ao cabelo natural, é necessário mantê-lo sem tratamentos. Mas, uma vez que o processo de transição pode ser longo e difícil, muitas acabam voltando a velhos hábitos.

Estar ao lado de suas clientes e apoiá-las com as melhores escolhas é um dos trabalhos do cabeleireiro. Por isso, quando perceber que uma delas está tendo dificuldades em passar pela transição, incentive-a a continuar em frente.

Aproveite e informe das consequências de colocar qualquer tipo de produto químico no cabelo, mesmo que seja relaxamento (técnica usada para modular e abrir os cachos).

5. Instrua para que evitem alisadores

No início da transição é comum os fios estarem sem forma e com mais volume. Por conta desse problema, muitas optam por fazer uso de secadores e chapinhas para domá-los. Por isso, informe que esses procedimentos podem afetar o processo, pois impede que os cachos voltem a seu molde original.

Converse com suas clientes e indique que, ao invés disso, procure aparelhos específicos como babyliss e difusores: estes moldam os cachos e os ajudam a ganhar forma. Penteados como tranças e rabo de cavalo também são ótimas dicas para sobreviver ao dia a dia.

Cremes para pentear, finalizadores, ativadores de cachos e modeladores são ótimas opções de cosméticos que também podem auxiliá-las a deixar os cabelos mais bonitos e formar mais cachos.

6. Fale do cronograma capilar

Explique para a sua cliente sobre as três necessidades do cabelo: nutrição, reconstrução e hidratação. Logo após, fale do cronograma capilar, que atende todas elas.

A principal vantagem do cronograma para quem está passando por transição é o fortalecimento. É comum que o ponto de encontro entre a parte com química e sem química fique mais fraca e até mesmo se quebre. O tratamento proposto pelo cronograma fortalece o fio, deixa-o mais saudável e ainda melhora a aparência.

Explicando melhor: o cronograma trata os fios para que, assim que os cachos chegarem, o cabelo esteja saudável. Sendo assim, ter esses tratamentos disponíveis vai ajudar a rotina da sua cliente e o reconhecimento do seu salão.

A transição capilar é um momento especial e cheio de significados, por isso é essencial saber como agir e o que sugerir para as clientes que chegam querendo ou já passando pelo processo. Coloque as dicas vistas aqui em prática e certamente as cacheadas que frequentam o seu salão se tornarão clientes fiéis.

E aí, gostou das nossas dicas para ajudar a sua cliente com transição capilar? Acha que podem ajudar? Aproveite e nos siga nas redes sociais como Twitter e Facebook, para acompanhar mais dicas como estas.