Cabelos quebradiços: como cuidar

Cabelos quebradiços: como tratá-los para deixar sua cliente satisfeita?

  • Nenhum comentário

Os cabelos quebradiços são superfáceis de reconhecer: sem brilho, sem vida e pouco movimento. Quando molhados, ficam elásticos, parecendo uma borracha. Os motivos que levam os fios a ficarem desse jeito são muitos, mas o resultado é um só: cabelos sem elasticidade e umidade natural. Eles também costumam cair e quebrar com muita facilidade.

E nem todo cabelo quebradiço é igual! Dependendo da origem do dano, diferentes tratamentos podem ser indicados. Quer saber como identificar o estágio do fio da sua cliente para oferecer o tratamento mais poderoso para recuperá-lo?

Este post vai contar um pouco mais sobre esse problema e, claro, quais os tratamentos indispensáveis para o seu salão. Confira!

As causas dos cabelos quebradiços

Todo cabelo precisa de hidratação constante para se manter saudável, especialmente aqueles que passam por químicas frequentes, como alisamentos, progressivas e coloração. Mas, não se engane! Os chamados “cabelos virgens” não estão a salvo. Eles estão expostos, diariamente, a todas as agressões do ambiente, como poluição, sol, vento e também aos danos causados pela chapinha e secador em excesso.

Os cabelos quebradiços que não são resultados de químicas podem ser recuperados com uma boa hidratação. Para o dia a dia é importante a escolha dos produtos certos. Já nos casos de dano químico, tratamentos mais intensivos, podem ser indicados. É importante que você converse com a cliente para entender os motivos do ressecamento, pois um tratamento desnecessário pode deixar os fios endurecidos.

Os tratamentos para cada tipo de dano

A recuperação dos fios danificados leva, em média, seis meses — e o tratamento indicado depende, como falamos, do tipo de dano causado. A seguir, conheça os procedimentos que o seu salão precisa oferecer para as clientes.

Hidratação

Embora o processo em casa e no salão seja o mesmo, a grande diferença está nos produtos oferecidos: invista nos que contenham queratina, óleo de argan e óleo de abacate, que recuperam os fios danificados e os protegem de novas agressões.

Cauterização

Indicada para danos mais profundos, a cauterização reconstrói a massa capilar, adicionando queratina aos fios. O tratamento começa com a lavagem. Faça o uso de um shampoo de limpeza profunda e, então, é aplicada a queratina que será reposta ao fio. Para finalizar, secador ou chapinha para selar as cutículas e impedir que os nutrientes se percam.

Botox capilar

Esse tratamento funciona como um “tapa buracos”, que vai preencher os fios, reparando os danos causados por químicas constantes, devolvendo o brilho e elasticidade do cabelo e uniformizando, deixando as pontas mais grossas e com mais movimento.

Banho de verniz

Pode ser feito em todos os tipos de cabelo, independentemente do grau de dano. O banho de verniz funciona como uma bomba de hidratação, com resultados imediatos e que duram até 15 dias! Devolve a maciez, reconstrói a massa capilar e proporciona um brilho incrível!

A importância dos produtos profissionais

Hoje em dia, qualquer farmácia, supermercado ou lojinha de produtos de beleza tem uma quantidade enorme de produtos para os mais diversos tipos de cabelo à disposição. Mas, será que eles são bons mesmo? Olha, ninguém duvida de que as prateleiras podem conter alguns “milagres”, mas o seu salão precisa investir em qualidade!

Os produtos comerciais são mais básicos e têm fórmulas genéricas. Isso porque eles precisam servir para uma infinidade de fios diferentes — mesmo aqueles dentro do mesmo diagnóstico podem ter necessidades distintas —, portanto, eles têm como principal função limpar e hidratar.

Enquanto isso, os profissionais são desenvolvidos pensando em cada tipo de dano. As fórmulas são mais ricas e levam em consideração diversos aspectos do cabelo que, claro, só serão identificados por um profissional.

Mas, e o preço? Por serem produzidos com o uso de muito mais tecnologia, os produtos desenvolvidos para salão de beleza tendem a ser mais caros. Existe um porém: preço e valor não são a mesma coisa! Mesmo custando mais, esses produtos alcançam resultados superiores e duram, em média, quatro vezes mais que os encontrados por aí.

Saber com qual tipo de cabelo você está lidando e oferecer produtos profissionais são os pontos mais importantes para poder indicar o tratamento certo e com satisfação garantida!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como lidar com cabelos quebradiços, que tal ficar por dentro de todos os detalhes da reconstrução capilar? Este artigo conta tudo o que você precisa saber! Boa leitura!