Higiene e saúde: 3 regras de limpeza para salões de beleza

  • Nenhum comentário

Quando o assunto é higiene e saúde, os salões de beleza precisam ficar atentos. Afinal, os procedimentos realizados nesses locais podem representar alguns riscos para os seus clientes. Por isso, se você deseja que o seu negócio seja reconhecido por suas qualidades, entre elas conforto e segurança, é preciso se preocupar com a higienização do salão de beleza.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o órgão responsável pela regulamentação e fiscalização desses estabelecimentos quanto às normas de higiene e segurança. Quem tem uma empresa no ramo precisa seguir todas as regras para que o espaço funcione adequadamente e não represente perigos para a sociedade. 

Quer descobrir que normas são essas? Continue a leitura e descubra as principais delas.

Higiene e saúde: qual a relação?

A higienização do salão de beleza é fundamental para a proteção da saúde dos clientes. O risco mais preocupante nesses estabelecimentos é a possibilidade de contrair doenças infecciosas, como o vírus HIV, além de hepatite B e C. Além disso, as pessoas também estão expostas à contaminação por fungos, desenvolvimento de dermatites de contato e outros tipos de alergias. 

Hábitos de limpeza: como fazer e quais são as regras?

A seguir, elencamos quais são as principais medidas que devem ser tomadas para evitar a transmissão de doenças e infecções nos salões de beleza.

1. Limpeza do ambiente

Para evitar todos os problemas é preciso começar pela limpeza do ambiente. O chão, paredes e superfícies, incluindo o banheiro, devem ser higienizados com produtos próprios, como sabão líquido, álcool 70% e hipoclorito. Todos os produtos devem ser registrados na Anvisa.

Além disso, é muito importante trocar o lixo todos os dias e prezar para que o espaço não permaneça muito tempo com pontas de cabelos cortados pelo chão e restos de unhas — ou seja, a limpeza deve ser constante. Por isso, é recomendado contratar um profissional para realizar apenas esses afazeres. 

Guia Completo para ter um Salão de Beleza ModernoPowered by Rock Convert

2. Limpeza dos equipamentos e utensílios não críticos

Quanto às toalhas, lençóis e outras peças de tecido, esses itens devem ser utilizados de forma individual e ser trocados ou descartados a cada cliente. Equipamentos não críticos, como pentes, escovas, tigelas de vidro, plástico ou aço inox, potes e pincéis de maquiagem devem ser lavados com água e sabão, enxaguados e secados para remover todos os detritos e resto de produtos utilizados com o cliente.

Esses itens também devem passar por um processo de desinfecção, que é capaz de eliminar grande parte dos microrganismos patogênicos, exceto os mais resistentes, como os esporos. A desinfecção deve ser feita a cada utilização, ou seja, a cada cliente, e consiste na imersão desses utensílios em álcool 70%.

3. Limpeza de artigos críticos

A esterilização é um processo que deve ser feito em todos os artigos críticos, aqueles de natureza perfurocortante, como alicates de unha, navalhas e agulhas, que podem penetrar a pele e mucosas e, assim, proporcionar a transmissão de doenças. 

O procedimento é capaz de eliminar todos os tipos de microrganismos, inclusive os esporos. Ele é feito por meio de processos físicos em um equipamento chamado autoclave, que produz vapor de água sob pressão para esterilizar itens resistentes ao calor. 

Antes de passar pelo processo, os artigos devem ser lavados, enxaguados e secados para remover detritos, como sangue e outros resíduos, e embalados corretamente, com identificação e data. Após a esterilização, esses instrumentos devem permanecer na embalagem, guardados em local limpo e seco. 

Seguir todas as normas de higienização do salão de beleza é fundamental para oferecer a segurança e proteção aos seus clientes — afinal, higiene e saúde são duas coisas completamente relacionadas. Por isso, não deixe de investir nessa estratégia para que o seu estabelecimento se destaque no ramo: esse é um dos segredos para o sucesso do seu negócio. 

E aí, gostou deste post? Compartilhe nas redes sociais para que todos os seus amigos também descubram quais são as normas de limpeza para salões de beleza. Até a próxima!