tirar progressiva

Saiba como tirar a progressiva e deixar o cabelo sem a química!

  • Nenhum comentário

O início dos anos 2000 foi marcado pela era das progressivas. Alisar o cabelo com química era a última moda e a procura foi alta. Entretanto, as adeptas das progressivas perceberam que realizar esse procedimento com muita frequência poderia prejudicar os fios. Além do mais, o resgate da identidade da mulher crespa e cacheada fez com que muitas usuárias abandonassem a prática e voltassem a usar os seus cabelos naturais.

Independentemente do motivo, a busca para reverter o procedimento e retirar a progressiva aumenta cada vez mais. Por conta disso, diversos salões se especializaram em técnicas para a remoção do produto. A opção de retirar a química do cabelo em salão costuma ser mais segura, simples e, muitas vezes, mais rápida.

Para informar você melhor sobre o assunto, criamos esse post com um passo a passo de como tirar progressiva do cabelo e voltar a ficar de bem com suas madeixas naturais!

Pare com a química

Essa pode parecer uma dica óbvia, afinal, se a pessoa quer se livrar dos procedimentos químicos, deve parar com a progressiva, certo? No entanto, nem todas entendem isso. Por ser um processo difícil para muitas, várias mulheres optam por outros produtos considerados mais leves, mas que resultam no mesmo efeito. Então, para ter de volta os cabelos naturais, nada de química!

Além de ser essencial para tirar a progressiva do cabelo, parar com a química é um cuidado necessário para manter a saúde dos fios. Por ser um tipo de processo que interfere com a estrutura do fio, o excesso de procedimentos químicos pode causar vários danos, sendo o corte químico o principal.

Esse problema acontece quando o cabelo não suporta determinado produto e, por isso, acaba quebrando por inteiro. O corte químico é muito comum de acontecer em mulheres que realizam mais de um procedimento em curto período, como progressiva e descoloração.

Faça uso de produtos específicos

Da mesma maneira que existem produtos específicos para cabelos alisados com progressiva, encontramos aqueles que ajudam a removê-la com mais facilidade. Um deles é o shampoo antirresíduos, que tem a função de fazer uma limpeza mais profunda nos fios, além de ajudar a remover a química mais rápido. Contudo, fique atenta: nada de exagerar para não estragar os cabelos! Uma vez por semana é suficiente.

Outra dica é usar produtos para o tipo de cabelo natural, se ele for ondulado, cacheado ou crespos procure comprar aqueles que são indicados para esses fios. Nesse processo de remoção da progressiva, as curvas e cachos podem ficar sem forma. Sendo assim, shampoos, condicionadores e finalizadores ajudam a devolver o formato e definição dos fios.

Hidrate sempre

Independentemente se a pessoa faz ou não química, a hidratação é sempre um passo essencial para a saúde dos fios. Além de deixá-los mais brilhantes e bonitos, ela fortalece e restaura, o que ajuda no crescimento mais rápido e aumenta a força dos cabelos.

Guia Completo para O Cabelo das CelebridadesPowered by Rock Convert

Quando se está em transição capilar — processo de retorno às madeixas naturais — o cabelo tende a sentir falta da progressiva e pode ficar quebradiço. Por isso, procure hidratá-lo pelo menos uma vez por semana.

Cronograma capilar

Uma opção legal é apostar em um cronograma capilar. Ele é um tipo de agenda que a pessoa desenvolve de acordo com a necessidade dos fios, sempre intercalando entre hidratação, nutrição e reconstrução.

Como mencionado acima, a hidratação serve para devolver a água e fortalecer os fios. No caso da nutrição, ela restitui as vitaminas e nutrientes perdidos com o passar do tempo e poluição do dia a dia, como colágeno e vitamina A. Já a reconstrução é indicada para repor a massa removida do cabelo com procedimentos, especialmente químicos.

A reconstrução é muito indicada para quem faz químicas com frequência. Isso porque, por mexer na estrutura interna dos fios, esses tipos de processos acabam removendo a massa capilar. Esse tratamento é feito com queratina, principal responsável pela estrutura, e ajuda a dar mais densidade ao cabelo. Ele pode ser feito a cada 15 dias.

Corte os fios

O caminho mais rápido e fácil de se passar por essa transição é fazer o chamado big chop. Ele consiste no corte de todo o cabelo com progressiva para deixá-lo natural, de modo que os fios possam crescer fortes novamente e sem química.

Se a cliente não curte esse passo, pois não consegue se imaginar com os cabelos curtos, não precisa se preocupar. Pode seguir todos os outros passos indicados e fazer o corte das partes com química aos poucos. Dessa maneira, será possível manter o comprimento e remover a progressiva ao mesmo tempo.

Cortes para quem está na transição

Como mencionado, o big chop é melhor indicação para quem deseja remover a progressiva e deixar o cabelo sem química de maneira rápida. Abaixo, vamos indicar alguns tipos de cortes para todos os tamanhos de cabelo.

  • joãozinho: esse é mais radical, o corte é bem curto e mais rente à raiz dos fios. Muitas vezes, ele pode ser do tamanho que estiverem os fios naturais, variando de pessoa para pessoa;
  • bob crespo: é a versão cacheada do chanel. Ele é cortado na altura do queixo e tem as pontas desfiadas para dar mais movimento aos fios;
  • mini black: esse corte é uma versão mais curta do black tradicional. Ele é indicado para quem deseja os fios mais curtos, mas não quer perder o volume;
  • long bob: muito conhecido entre as lisas, mas também pode ser adotado pelas cacheadas. Na altura dos ombros, ele deve ser repicado para dar mais movimento, mas com a base mais reta;
  • swag hair: é uma versão em camadas do long bob. Ele é cortado de maneira que as camadas se sobrepõem, proporcionando mais volume aos fios;
  • corte V: para quem tem o cabelo longo pode apostar em camadas repicadas e corte em V. Dessa maneira, os cachos se encaixam uns nos outros, mantendo a definição e volume dos fios.

Saber como tirar progressiva do cabelo e deixá-lo sem química pode proporcionar diversos benefícios, como mais saúde para os fios, cabelos mais hidratados e sedosos, mais movimento, além de propiciar maior liberdade e autoconfiança. Para que isso aconteça sem danificar os fios, pode ser necessário manter um tratamento que auxilie nos cuidados com as madeixas.

E aí, gostou das nossas dicas sobre tirar progressiva? Pretende adotar a técnica no seu salão? Aproveite e compartilhe esse post nas suas redes sociais, assim mais pessoas ficam por dentro do assunto.